Ton Gouveia

Ton Gouveia

So say we all

Ton Gouvea, Rogerio Caetano, Gustavo Alves, e João Miranda batem um papo muito legal sobre o retorno do nosso querido Star Wars, sim, enfim vamos falar sobre o Despertar da Força.





Arte Star Wars Finn por João Miranda

Vencedor da promoção Mês Star Wars Lia Amorim

Escreva para nós: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Siga-nos no Twitter @brazilianpixel

Curta nossa Fanpage: facebook.com/brazilianpixel/


So say we all

Ton Gouvea, Rogerio Pires Caetano, Marcio Ivan, e João Miranda debatem e batem cabeça especulando sobre tudo e sobre todos, desconfiando desde a sombra do diretor na parede, ate o ultimo fio de cabelo branco da barba de Ben Affleck, vasculhando a relação entre Batman e Superman desde os quadrinhos indo do cinema ate os bastidores do universo cinematográfico do longa Batman vs Superman.






Musica Blackheart Deuxvolt

Capa Pixelcast Batman vs Superman Imagem canal CartoonHooligans 



Animaçao Batman vs Superman link do canal CartoonHooligans


Escreva para nós: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Siga-nos no Twitter @brazilianpixel

Curta nossa Fanpage: facebook.com/brazilianpixel/




So say we all


10 SUPER SHOWS DE ROCK/METAL COM ORQUESTRA #14

Certa vez em uma entrevista Janick Gers (Iron Maiden), disse que o Heavy Metal é a música clássica da atualidade, essa afirmação não deixa de ser verdade, mesmo o estilo portando-se esteticamente o oposto, não é segredo nenhum a influência da música clássica no heavy metal, aliás ela é uma parte peculiar de sua criação.

So say we all


Vídeo dos bastidores de Star Wars revelam um pouco do processo de criação do robozinho mais cativante desde nosso amado R2-D2.




No vídeo vemos, JJ Abrams, falando que na primeira vez q ele assistiu Star Wars quando criança que ele sabia que existia mesmo C-3PO e R2-D2, que aqueles robôs eram reais e tangíveis e que BB-8 teria que ser tão real fosse possível.

Vemos, John Boyega(Finn), Oscar Isaac(Poe), Daisy Ridley(Ray) falando sobre suas atuações com o robozinho e vemos também Neal Scanlan(Chefe do Departamento de Criaturas) falando sobre a criação, mostrando um primeiro desenho feito por JJ em um gardanapo.
So say we all

O que vem depois da Festa?

O Despertar da Força Ganhas criticas Positivas

Que o novo capitulo da saga criada por George Lucas seria um sucesso de bilheteria e critica, nós já sabíamos. Que J.J Abrams faria um excelente trabalho também não foi nenhum espanto. Então o que resta para falar dessa nova empreitada da franquia mais amada por todos os nerds, e não nerds de plantão.

Mas o que vem depois da grande festa, onde o anfitrião J.J Abrams, nos recebe para seu maior espetáculo. Sim cavalheiros, as criticas, as polemicas, a aprovação do publico, dos fãs. Depois de toda a euforia e hora de analisar com calma, ver os pontos positivos, e negativos dessa grande produção que nos leva de volta a um tempo de fantasia e aventura.

Nos sabemos que nem tudo são flores, e que certamente depois do dia da grande festa, opiniões começarão a se dividir, e cabeças iram bater.

Apenas não basta olhar para Star Wars e dizer, que grande filme, me senti novamente na década de setenta, para quem é mais velho, ou na década de oitenta, que como eu acompanhou os filmes pela Sessão da Tarde, reprises e mais reprises de algo magico, que nos levava do sofá de casa para explorar o mais longínquo confim do universo, onde nenhum homem jamais foi, ops, essa não podia deixar passar.

Mas enfim, ate o momento tudo e euforia, e olhos cheios de lagrimas, coração pulsando, quase saltando pela garganta.

Mas onde quero chegar? Pois bem senhores, O Despertar da Força, desde seu lançamento, ou ate mesmo antes dele, vinha recebendo apenas criticas positivas, e ainda continua, não estou aqui dizendo o contrario, mas devemos lembrar que ainda estamos naquela fase recém Despertar, e falo com plena certeza, muitos órgãos de imprensa ainda estão contidos pela mão de ferro de algo mais poderoso do que o próprio império. Os famigerados spoilers. As opiniões ainda são superficiais, não podendo ser de forma alguma profunda no que diz respeito ao enredo em si, e detalhes importantes ainda discutidos aos sussurros.

E bom ter de volta Star Wars de volta, sim. O velho método, a velha cartilha parece que foi decorada, e J.J Abrams fez a lição de casa. Mas a muitos pontos e aspectos que certamente serão discutidos, e criticados. Assim como a muitos fãs que ainda pesaram suas opiniões, e falaram a cerca de certos pontos, destrinchando o novo longa da franquia.

Eu já ate posso ouvir hordas furiosas se levantando contra alguns órgãos de imprensa que apontarão elementos, que por mais que muitos fãs desaprovem, devem ser ditos, nenhum filme e perfeito, lembrem-se disso meninos e meninas. Descordar e criticar, jamais deixara de tornar quem opina um não fã de Star Wars.

E que a força esteja conosco e com as criticas...


Veja abaixo algumas criticas de grandes sites especializados e respeitados:

"Entertainment Weekly": "'O despertar da força' de J.J. Abrams entrega exatamente o que você quer: uma aventura muito divertida envolta em mitologia épica, uma quantidade perfeita de serviço de fã que dispara suas sinapses geeks, e um suspense final na medida que abre o caminho para continuações futuras. De certa forma, Abrams tem feito exatamente o que ele fez com 'Star Trek' em 2009. Ele tomou uma franquia da cultura pop adorada por uma legião de discípulos raivosos, tratou-a com respeito, e fez que ela importasse novamente. Só que os sapatos eram muito maiores para se preencher desta vez. O que, de certa forma, é exatamente sobre o que é 'O despertar da força' - ser digno do legado que veio antes de você." (Chris Nashawaty)


"The Guardian":
"'O despertar da força' redespertou meu amor pelo primeiro filme e transformou meu fanboy interior em meu fanboy exterior. Há pouquíssimos filmes que me deixam exausto após sorrir descaradamente por 135 minutos, mas este é um. E quando Han Solo e Chewbacca aparecem, eu tive um sentimento no cinema que eu não tinha desde os 16 anos: não sabia se chorava ou se aplaudia." (Peter Bradshaw)


"Variety":
"Revigorar a franquia com uma onda de boas-vindas de energia, calor e emoção após o ciclo mal concebido de prequel [história que se passa antes da original] lançado entre 1999 e 2005, a chegada do diretor e roteirista J.J. Abrams parece ter tido os três filmes originais em mente quando embarcou neste novo empreendimento monumental, estruturado como uma série inteligente, às vezes vacilante, de retornos para uma trilogia que cativou uma audiência global e ajudou a cimentar o paradigma do blockbuster de Hollywood. Ainda assim, a familiaridade reconfortante da abordagem de Abrams tem suas limitações: Maravilhosa como é ao apanhar rapidamente Han Solo, Leia e o resto da gangue, serviço de fã tem prioridade aqui sobre uma delicada e derivativa história que, apesar da presença apelativa de duas novas estrelas, não atiça a imaginação para o novo." (Justin Chang)


"The Hollywood Reporter": "'Star Wars Episódio VII' parece o trabalho de um estudante muito capaz, um que estudou seu tema tão diligentemente e completamente que ele sabe o que fazer e o que evitar, é inteligente o suficiente para ter contratado um dos especialistas no campo, neste caso Kasdan, para trabalhar no projeto, e assegurar que outro dos principais contribuintes para o sucesso da série, John Williams, voltasse novamente após todos esses anos." (Todd McCarthy)


"Vanity Fair": "Deixe-me apenas aliviar a maioria das suas preocupações imediatamente: o novo filme 'Star Wars', o filme mais esperado dos últimos tempos, é bom. Foi-se todo o vale misterioso, suavidade brilhante daqueles melhor esquecidos prequel filmes. O diretor J.J. Abrams e seus roteiristas nos devolveu para o desgrenhado e tátil espírito da amada trilogia original, evitando efeitos digitais superabundantes e debate político chato para uma sensação visceral de aventura e surpresa. Abrams fez algo magistral - ele presta uma graciosa homenagem ao que veio antes (o material bom, de qualquer maneira), ao expandir a mitologia de 'Star Wars' de forma ousada e orgânica. Obrigado Yoda por isso." (Richard Lawson)


"People":
"O filme deixa muito espaço para a nova geração continuar o legado, liderada pela Rey de Daisy Ridley. Ela é talentosa, inteligente e destemida, o tipo de pessoa que você quer empunhando um sabre de luz do seu lado." (Alynda Wheat)


 
So say we all

Bem Vindo de Volta Star Wars

O Despertar da Força...

Este titulo nunca fez tanto sentido. A mais de trinta anos, a força parecia adormecida, inapta, oculta, sua magia e misticismo se perderam em meio a tantos relançamentos, remasterizações, e novos capítulos de uma saga, uma opera espacial épica, mas que se distanciava de sua própria alma. A própria essência de sua religião e mistérios tornaram-se algo superficial e mecânico.

A Obra de JJ Abrams trouxe novamente a franquia algo perdido, a própria magia, aventura, e simplicidade de contar uma historia que comovesse, alegrasse, e enfurecesse a muitos.

Aquele jeito antigo de contar algo sem muitos efeitos, e rodeios, onde a aventura atrai a todos mais do que o lado sombrio.
Ver novos personagens tão cheios de vida, interpretados por atores que parecem fascinados pelo desenrolar dos fatos, se deixando tomar por algo maior do que eles próprios,  chamando a todos nos reles mortais a contemplar algo, um elo que parecia á muito perdido.

“ Venham, a Força chama a todos nos, novos perigos, uma nova trama, um mundo novo que vai se desenhando diante de seus olhos, mergulhe em um universo, o universo de JJ Abrams, finalmente o universo de Star Wars. 

Mas não apenas isso, velhos rostos povoam nossos olhares cheio e saudades e nostalgias. A velha canção de John Williams nos embala durante todo o filme, repletos de novas cenas marcantes, e surpresas surreais.
 
Os velhos loops da Falcon preenchem o céu, encantando a velha e a nova geração de fãs, arrancando sorrisos e lagrimas. A força realmente despertou dentro e fora das telas.
 

Bem vindo de volta Star Wars, e espero que desta vez, seja para ficar...

 
So say we all

 

Yu-Gi-Oh !: The Dark Side of Dimensions será lançado no Japão em 23 de abril de 2016  a tempo para a data do 20 º aniversário da serie original Yu-Gi-Oh! que ocorreu 1996-2004.

No comunicado para impresa, a 4K deixou em aberto a data de lançamento fora do Japão, porém, segundo rumores, é possível que ele chegue no terceiro trimestre de 2016 (na América do Norte, sem menção ao Brasil ou qualquer outro país latino).
A história de  Yu-Gi-Oh !: The Dark Side of Dimensions foi criado pelo criador da série Kazuki Takahashi e contará com Yugi Mutoh, Kaiba Seto, Katsuya Jounouchi, Anzu Mazaki, Ryo Bakura, Hiroto Honda, e um novo adversário misterioso.

A história do novo filme é uma continuação direta do mangá, e se passará cerca de 6 meses depois dos eventos da obra escrita. Ainda não foi comentado se o adiamento tem relação com os outros filmes que estão em desenvolvimento.


Confira o trailer no vídeo abaixo




Yu-Gi-Oh!

Yu-Gi-Oh! (遊☆戯☆王, Yū☆gi☆ō?, rei dos jogos) é uma série de mangá sobre jogo escrita e ilustrada por Kazuki Takahashi. A série foi originalmente publicada pela editora Shueisha na revista Weekly Shōnen Jump entre 1996 e 2004.[3] [4] A trama segue a história de um menino chamado Yugi Muto, que remonta o antigo Enigma do Milênio, e desperta um espiríto dentro de seu corpo com a personalidade de um jogador e que resolve seus conflitos usando vários jogos.
Y
Duas adaptações em anime foram produzidas: uma pela Toei Animation com o mesmo nome, que foi ao ar de 04 de abril de 1998 a 10 de outubro de 1998, com 27 episódios; e outra produzida pela Nihon Ad Systems e animada pelo Studio Gallop intitulada Yu-Gi-Oh! Duel Monsters, que foi ao ar entre abril de 2000 e setembro de 2004, com 224 episódios. O segundo anime expandiu uma franquia que inclui vários animes spin-offs, Trading Card Game e diversos vídeo games.
A maioria das franquia envolvem o jogo de cartas fictício chamado Duel Monsters (Monstros de Duelo) onde cada jogador usa cartas para um "duelo" entre si, em uma batalha simulada de duelo de "monstros". O Yu-Gi-Oh! Trading Card Game é a contraparte do mundo real para este jogo ficcional em que é livremente baseado.
No Brasil, o mangá de Yu-Gi-Oh! foi publicado pela editora JBC entre 2006 e 2010.
So say we all


Os Mistérios sobre a Lenda da Morte, e Substituição de Paul McCartney por um Sósia.

Fabricio Castilho vem contando com detalhes este capitulo macabro da historia do Rock`n Roll, envolvendo uma das maiores bandas de todos os tempos, The Beatles. Então preste a atenção porque esta chegando tem Deja vu do Rock!!



E se você quer conhecer mais do trabalho de Fabricio Castilho acesse seu canal Deja vu do Rock


Link: Canal Deja vu do Rock

So say we all


Depois que Independence Day redefiniu o gênero de filme de eventos, o próximo capítulo épico oferece um espetáculo mundial numa escala inimaginável. Usando a tecnologia alienígena recuperada, as nações da Terra têm colaborado em um programa de defesa imenso para proteger o planeta. Mas nada pode nos preparar para a força avançada e sem precedentes dos alienígenas. A coragem e bravura de muitos homens sera posta a prova, e somente sua força conjunta poderá salvar o mundo da extinção total.
 

Independence Day: O Ressurgimento estreia em 24 de junho de 2016
So say we all

Star Wars O Despertar da Força

Finalmente esta chegando a hora, o Despertar da Força esta mais perto do que nunca se prepare para Star Wars O Despertar da Força...

A trama de Star Wars - O Despertar da Força se passa cerca de 30 anos depois do fim de O Retorno de Jedi. O filme tem no elenco Harrison Ford, Carrie Fisher, Mark Hamill, John Boyega, Daisy Ridley, Adam Driver, Miltos Yerolemou, Gwendoline Christie, Lupita Nyong'o, Oscar Isaac, Andy Serkis, Domhnall Gleeson, Max von Sydow, Peter Mayhew, Kenny Baker e Anthony Daniels, entre outros.

 
Star Wars - O Despertar da Força será lançado em dezembro de 2015, com direção de J.J.Abrams e a volta de John Williams na trilha sonora.
So say we all

Pixelcast em uma Guerra Civil

So say we all!! Ton Gouvea, Rogerio Caetano, Marcio Ivan, e Luis Gustavo debatem sobre um dos maiores acontecimentos do universo Marvel, nos quadrinhos e cinema, se dividindo em uma verdadeira Guerra Civil.



So say we all

Finalmente lançado novo trailer de Batman vs Superman : A Origem da Justiça

Mais um trailer épico, mais um capitulo, mais uma amostra do que vem em Batman vs Superman: A Origem da Justiça.

Tudo começa em uma disputa de egos, passando para uma verdadeira guerra.

Desta vez quem brilhou foram os vilões, em meio a tantos avisos enquanto os herois se confrontavam, uma grande ameaça surgia, seu nome Lex Luthor, e neste trailer ele mostra que realmente devemos estar preparados para a maior mente criminosa do século.

 
Em Batman vs Superman: A Origem da Justiça, temendo as ações do super-herói, visto como um deus, totalmente fora do controle de qualquer um na terra, o próprio formidável vigilante vigoroso de Gotham City assume a mais reverenciada função de salvador de Metropolis.
Mas enquanto os maiores Heróis da terra travam uma guerra que parece interminável, um novo perigo surge das sombras rapidamente, aproveitando-se do caos, mostrando que dois seres extraordinários se enfrentando em um planeta tão frágil, não é de forma alguma a maior ameaça que a raça humana tem a temer.
So say we all


Durante episódio de hoje de Gotham, a Warner Brothers estreou um novo teaser para o longa Batman v Superman: A Origem da Justiça. O teaser de quarenta e nove segundos, termina por revelar a data para o lançamento do novo trailer completo: Quarta Feira 2 de Dezembro durante o Jimmy Kimmel Live.


Em Batman vs Superman: A Origem da Justiça, temendo as ações do super-herói, visto como um deus, totalmente fora do controle de qualquer um na terra, o próprio formidável vigilante vigoroso de Gotham City assume a mais reverenciada função de salvador de Metropolis.
So say we all

O ator Nathan Darrow (House of Cards) foi escalado para o papel do Dr. Victor Fries


Victor Fries, também conhecido como Mr. Freeze, vai se juntar ao elenco de futuros vilões do Cavaleiro das Trevas em Gotham.
O personagem terá um designe mais ao estilo Capitão Frio da serie Flash, do que aquela versão cinematográfica esdruxula interpretado por Arnold Schwarzenegger, o que segue mais os padrões realistas da serie ate agora.
Em Gotham Victor, Fries é um engenheiro de criogenia da Wayne Enterprises, seguindo a historia original do personagem em Batman: The Animated Series, onde ele trabalha, e luta, para salvar sua esposa, uma doente terminal chamada Nora.



 
"Victor tem uma conexão humana íntima com sua esposa. Há algo muito, muito interessante e vulnerável e difícil sobre isso. Claro, que está ameaçada pela sua doença", disse Darrow USAToday.
O Nora não estava na historia original do personagem na década de 50 e 60, sendo adicionada aos quadrinhos depois do sucesso do episodio Heart Of Ice da serie animada Batman.



Mr Freeze e os detalhes sobre o background do personagem na serie, serão revelados apenas no meio da temporada, que deve rolar em 29 de fevereiro de 2016.
"Vou dizer-lhe que vamos ver Mr. Freeze fazer algumas coisas que nunca vimos ele fazer. " Disse o ator.

Fonte Comicbook